Seguindo os passos de um geógrafo: os cadernos de Paul Vidal de la Blache

 

Para comemorar o centenário de morte de Paul Vidal de la Blache (1845-1918), a Biblioteca Interuniversitária da Sorbonne e a Equipe de Epistemologia e História da Geografia (EHGO) do laboratório UMR Geographie-Cités decidiram homenagear com uma exposição de 33 cadernos de viagem e manuscritos de Vidal de la Blache aquele que, na França, fez da geografia uma disciplina científica.

Ao seguir as páginas de seus cadernos, a exposição convida a descobrir o cientista
renomado, mas também o viajante e o homem, colocando em evidência a riqueza desses documentos. Ao mesmo tempo companhias de viagem e ferramentas de trabalho, esses
cadernos são um precioso testemunho da atividade do intelectual: neles aparecem lado a lado observações, croquis, notas, esboços de publicações...

Conjuntamente a esta iniciativa, a biblioteca da Escola Normal Superior (ENS-Ulm) organiza uma exposição virtual sobre a figura do geógrafo (sua vida e sua carreira, seus alunos e seu legado, seu método e sua obra).

Lire l'exposition en français

Paul Marie Vidal de la Blache, em 1883, Biblioteca Nacional da França.